Aqui terás acesso a tudo o que vai dar na tua novela preferida.

Entra na magnífica história da Flor e deixa o teu comentário:)

Terça-feira, 24 de Julho de 2007

O amor anda no ar....

Afonso e Olívia conversam e beijam-se de novo. No entanto, Afonso não a consegue convencer a deixar o noivo. Por impulso, Afonso deita fora a aliança da prima. Entretanto, Bernardo, que está preso no WC, grita para que o libertem. Henrique distrai o empregado, só que chega Olívia, que liberta o noivo. Olívia dá por falta da aliança e finque que a procura, quando chega Afonso, que a devolve.

Flor e Máximo discutem junta à àrvore; as sapatilhas obrigam-na a cair nos braços dele, só que não é o suficiente e eles acabam chateados.

Magda conta a Lourenço que destruiu  a certidão de casamento e pede-lhe para os deixar em paz de uma vez por todas. O ex-coronel ameaça contar tudo e está mesmo determinado a fazê-lo... mas o amor que sente pela ama fá-lo mudar de ideias. Ele e o conde disputam elogios a Flor e Delfina. Entretanto, Araújo regressa de Marrocos e diz a Magda ter destruído a cretidão... mas guarda o original...

Durante, as obras no ginásio, Flor pinta, sem querer, a cara de Máximo, que por sua vez também a pinta. Lourenço parte em defesa da amda e lança um balde de tinta... mas acerta em Delfina! Começa, então, um batalha... de tinta.

Na Floricienta da Argentina foi assim:

http://youtube.com/watch?v=aXFvVGyO4kU

http://youtube.com/watch?v=N7Cke-nB34o

 

 

 

publicado por Sarokas às 13:04

link do post | comentar | favorito

.arquivos

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007